Hyper-V Server Core ou Windows Full + Hyper-V

Olá

Muitos se deparam com Windows Server Core e começam a se interessar. Mas as informações faltam na hora de optar por ele ou por Windows Full Hyper-V. E nesse post vou falar um pouco sobre a escolha de qual utilizar.

A primeira impressão é olhar para a tela do SCONFIG ou HVCONFIG e assustar por achar que vai ser muito complicado utilizar.

Ao instalar o Hyper-V Server Core, sendo o processo idêntico a instalação do Windows Server ou Seven, ele conclui com esta tela acima no qual te dá algumas opções.

São elas configurações do dia a dia como ingressar no AD, definir IP da máquina, alterar nome, entre outros.

Mas o principal dele para utilização é a opção 9 para controlar o Hyper-V core remotamente. Seguindo poucos passos você estará apto a controlar seu Hypervisor como em um Server 2008 ou 2012 Full, sem medo de não saber configurar. Também para os aventureiros de linha de comando, se for o caso você pode criar VMs e administrar as Vms pelo Powershell diretamente no Servidor.

Existe também um software chamado CoreConfig para o Hyper-V (também tem para Windows Server Core), que ajuda a fazer as configurações de modo mais interativo. Isso não significa que você está sendo preguiçoso em relação a usar este software. Ele ajuda a você fazer as configurações visualmente. Em um Server como há muitos recursos fica mais difícil mexer em modo Server Core, já que não é o correto você ficar habilitando e desabilitando a GUI do Server.

Também facilita para quem não é especialista em powershell e prefere não se aventurar e como é um sistema que é feito para haver mais segurança por ser CORE, o administrador encontra mais segurança ao optar por Server Core.

Agora vou citar alguns motivos para a escolha do Core ou Full.

1º – Indico você começar com Windows Full pois aí você verifica como funciona o compartilhamento da mesma placa Física para a VM e para a Máquina Física, aí você vai ver como fica o esquema das placas de redes nas Conexões de Rede. Aprimorando os conhecimentos e entendendo as funcionalidades você poderá optar pelo Server Core caso você dedique um servidor para Virtualização.

2º  O Hyper-V Core é versão gratuita que não necessita de licenciamento, e a Versão Full do Windows + Hyper-V seria você ter 2 licenças para Máquinas Virtuais. Porém se você licenciar 2 VMs com Windows Server 2008 ou 2012 você só tem direito a instalar o Hyper-V e no máximo um software de monitoramento para Hyper-V/VMs.  Você pode ter o cenário de ter 1 servidor com AD DNS DHCP FILE SERVER ou mais recursos instalados e direito a apenas 1 licença para VM.

Obs: ou você tem 2 VM licenciadas ou você tem 1 Física licenciada + 1 VM.

3º Linux/Server/Client irá instalar em qualquer versão, tanto Hyper-V core e Windows Full

4º Na questão desempenho são iguais, isso irá depender do Hardware mesmo. Claro que se você tiver Hyper-V core ele já fica dedicado para as VMs, sem necessitar usar mais memória Ram só para subir a GUI (interface Gráfica) e outros serviços do Windows.

5º Com certeza é uma ótima pedida colocar Hyper-V core e administrar remotamente ou pelo RSAT. Mas nesse caso é necessário licenciar cada Server que você colocar.

6º Com Windows Full você aproveita de instalar serviços na Física e ainda ter 1 VM licenciada.

7º Não dá pra passar do Hyper-V core para o Full, então pense bem no caso, pois caso for um dia migrar, vai ter que exportar todas as máquinas e depois subir Server Full e importar as VMs (vai causar parada programada). Ou pode fazer Cluster e fazer Quick ou Live Migration.

8º Para Hyper-V 2012 com SMB 3.0 fica muito mais fácil a implantação em storage compartilhado e Cluster.

9º Para subir o Hyper-V Core é mais rápido

10º Utiliza menos memória.

Antes de implantar de cara o Hyper-V Core faça ambientes de testes, verifique se está certo que você irá preferir, não vá apenas com vantagens para mostrar ao chefe ou equipe, precisa Planejar/Projetar/Desenhar/Desenvolver tudo que você precisará. Dimensione bem seu ambiente, principalmente em Memória Ram e para ótimo desempenho SSD sem dúvida.

Utilizo hoje um servidor montado em que tenho i7 2600k, 16gb de memória e SSD para as VMs, e Windows Server 2008 R2 Standard. Utilizo Pfsense para WebFilter, WSUS avaliação em Server 2012 R2 no qual está utilizando na implantação e download dos arquivos até 23% do processador (variável os picos) 2048 Ram para início, mas em uso 3,9gb e aplicado a VM 5.1gb. Está rodando mais rápido que meu servidor Físico que não tem SSD.

Em meu cenário não necessito ter máquina física só para VMs, então utilizaria sem problemas Hyper-V Server Core, pois também não utiliza-se de Cluster.

Neste post defendo o Hyper-V Server Core pois sempre utilizamos em modo Full, mas a escolha dependerá na maioria das porcentagens da escolha, se você irá utilizar recursos como AD DNS DHCP entre outros, no caso de ter apenas 1 servidor.

Espero que gostem do post para ajudar na escolha do Hyper-V.

Anúncios

4 comentários sobre “Hyper-V Server Core ou Windows Full + Hyper-V

  1. Olá André,

    Primeiramente parabenizar pelo otimo post.
    E ele vem de encontro com uma duvida minha.
    Nas minhas analises para um cenario tenho quase certeza de utilizar o Hyper-V Server.
    Mas minha unica duvida usando Hyper-V Server e a seguinte:
    Utilizo o ArcServer Backup da CA, otimo produto. Mas minha Duvida e utilizando como Hypervisor o Hyper-V Server como irei fazer backup da VM.
    Por que grande vantagem em questao de desempenho usando Hyper-V Server vai ser otima, porém só estou em duvida na questao do Hyper-V Server por que ate aonde eu le eu nao consigo instalar um agente do ArcServer Backup.

    Essa e minha duvida pegando carona nesse excelente post…

    E mais uma vez parabéns e se você tiver alguma email para fazer contato.

    Obrigado

    Curtir

    1. Olá André, obrigado. O certo a se fazer seria deixar esse servidor Hyper-V apenas para as VMs e instalar o ArcServer em outra máquina. Claro que se tem várias possibilidades até colocando o arcserver em VM. A versão do Arc que você tem é antiga? Que eu conheço desses produtos de backup que são ótimos mesmo, você adiciona o Host Hyper-V e ele detecta suas VMs tranquilamente. Os agente provavelmente são instalados nas VMs e não no host nesse caso do Hyper-v Server. Caso for em Cluster precisa ver se suporta CSV. Valeu

      Curtir

  2. Boa tarde André,
    Instalei o Hyper-V Server 2012 R2 em um servidor e consegui acessar remoto via gerenciador do hyper-v, só que não consigo acessar nenhum disco ou drive de rede do hyper-v server. Acredito que tenho que habilitar o SMB ou o serviço de arquivos. Mas não encontrei nada simples de como fazer na internet, sempre falam de fazer junto com cluster e AD, sendo que não utilizo ainda AD na minha rede.

    Att

    Curtir

    1. Olá André. Você tem um Storage ou você quer apontar pra outro servidor apenas ou estação? Simplesmente buscar pelo \\IP dessa máquina já irá trazer as pastas compartilhadas e talvez terá apenas que dar permissão para esse hyper-v escrever nesses HD da outra máquina. Não é necessário habilitar smb, já é habilitado por padrão. Caso seja ISCSI aí tem passos a se fazer.

      Curtir

Obrigado por comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s